sexta-feira, maio 13, 2005

Problema de expressão.

O pároco Domingos Oliveira errou.
De facto matar um criança no seio materno não é mais grave que assassinar uma menina de 5 anos.
São, na verdade, actos equivalentes.
As vidas não se pesam, nem se medem.