quarta-feira, abril 20, 2005

Intrépidos e Batalhadores

Custou, não foi fácil, eles bem se esforçaram e no fim lá conseguiram... Os nossos queridos jornalistas não descansaram enquanto não arranjaram um ou dois católicos que criticassem a escolha de Bento XVI. À falta de melhor foram perguntar onde sabiam que lhes seria respondido o que queriam... Assim tivemos o (des)prazer de ouvir esses grandes homens de fé, Mário Soares e Francisco Louçã, pronunciarem-se sobre o desfecho do conclave. Quanto ao primeiro só espero que o filho João não volte a ter acidentes na Jamba angolana ou ainda o vamos ver, pela segunda vez, na procissão do Senhor dos Passos.