quinta-feira, abril 28, 2005

1889-1970

Nasceu no dia 28 de Abril de 1889. Um homem simples de uma família simples. Pautando a sua vida pelo trabalho e pela entrega a um país que sempre amou e sempre serviu. Viria a deixar-nos em 1970, na pobreza como aliás sempre viveu. Jaz hoje numa humilde campa do Vimieiro sem os fausto ou a ostentação que outros tiveram sem tanto o merecer.
É impostante recordar hoje um discurso do Professor:
"Devo à Providência a graça de ser pobre; sem bens que valham, por muito pouco estou preso à roda da fortuna, nem falta me fizeram nunca lugares rendosos, riquezas, sustentações. E para ganhar, na modéstia a que me habituei e em que posso viver, o pão de cada dia, não tenho de enredar-me na trama dos negócios ou em comprometedoras solidariedades. Sou um homem independente."
Bom seria que mesmo os portugueses que o odeiam meditassem na simplicidade das suas palavras...