terça-feira, março 22, 2005

Alien vs Predator



Se INF pode escrever sobre cinema, porque não eu também? Tenho que partilhar convosco um filme que vi ontem e que muito dificilmente me sairá da memória! Será certamente o filme que vai destronar Showgirls e O Ataque dos Tomates Assassinos do primeiro lugar do pódio para pior filme da história.
Cheguei a casa e o meu colega de piso e sua namorada convidam-me a ver em DVD, “Alien versus Predator”. Título de um jogo arcade para Mega Drive que inexplicavelmente se tornou filme!

A história é bastante simples. Um grupo de cientistas e arqueólogos vão até à Antártida em busca de uma pirâmide enterrada 70 metros abaixo do nível do solo. Pirâmide esta, que foi contruida pelos Predadores para manterem o Alien prisioneiro a chocar ovos de pequenos Aliens que depois entram no corpo dos humanos e são caçados pelos predadores.

Ao que parece é uma espécie de baptismo de fogo, para os Predadores, caçar Aliens na Terra desde há milénios. Sendo o nosso planeta uma gigante reserva de caça. Se virmos bem os Predadores até possuem uma legislação ambiental e florestal bastante desenvolvida.

Interessante a conclusão a que chega um cientista, de que na verdade os Predadores são os antigos deuses das civilizações egípcia, cambodjana e azteca! Foram eles que lhes ensinaram a construir pirâmides!!!!!! Logo de seguida explicou que a civilização azteca não foi extinta pelos espanhóis (Ora aqui está uma das grandes mentiras da história que é revelada pelo Predador) mas foi apenas um acidente de caça em que os Aliens se soltaram e extinguiram tal povo. O que me provoca uma certa dúvida é como é que os Aliens percorrem biliões de anos-luz e galáxias para vir para à terra e não conseguem atravessar o oceano Atlântico, nem sequer o Rio Grande do Sul para extinguir outras civilizações!

É pena que o realizador tenha decidido matar todo o elenco nos primeiros 20 minutos, com uma guerra entre os dois monstros, ficando assim apenas com a heroína Sanaaa Lathan para tentar sobreviver. Curiosamente o Predador assume-se como um monstro bonzinho por quem Sanaa começa a sentir uma certa tensão sexual ao longo do filme. Esta aproximação só é possível porque têm um inimigo comum e porque como já disse todo o elenco humano já foi morto pelo Predador, incluindo o melhor amigo de Sanaaa. Mas isso não interessa nada.

Tocante o momento em que o Predador tira o capacete para fazer uma festinha e marcar com o seu sinal a nossa heroína, morrendo depois em seguida e dando a sua vida por mero gado, como são considerados os humanos.

Faz todo o sentido a forma como matam o Alien no fim (desculpem estragar o desfecho mas acho que ninguém estará muito interessado). É que o mesmo Alien depois de espetado com lanças do Predador que supostamente servem para o caçar, de levar com uma explosão nuclear e de sair de um congelamento de milénios, morre afogado nas águas da Antártida porque foi amarrado a um reservatório de água!!!

Outra coisa me deixa perplexo porque é que os humanos (gado) tem uma linguagem e os deuses só grunhem como porcos e se comportam como animais? Se calhar até podem, mas não conseguem com os litros de baba com que a equipa de efeitos especiais inundou o filme!

No final de depois de uma viagem dificílima para atingir o pólo sul, a heroína fica sozinha, sem barcos, aviões ou telefones, a 1.800 km da civilização e apenas com uma lança para caçar pinguins!

Brilhante... A não perder!!